Laudo de Inspeção Predial - LTIP: Investimento ou custo?

Atualizado: 1 de out.

Confira os 3 motivos para reconhecer o Laudo de Inspeção Predial como um rentável investimento para a sua edificação e não como um custo desnecessário.


O LTIP é o registro da inspeção predial resultante de um processo de avaliação criteriosa e predominantemente sensorial dos sistemas construtivos e das funções técnicas de operação, manutenção e uso da edificação. Possui como principal objetivo evitar gastos elevados de manutenção futura. Um laudo de inspeção predial bem executado garante segurança e economia. Através do LTIP o responsável pelo uso da edificação, geralmente o síndico, pode nortear as manutenções a serem realizadas na edificação.


"A lei de evolução de custos, também conhecida como Lei de Sitter ou Regra dos 5, demonstra em seus estudos que se a manutenção não for realizada, serão necessários reparos equivalentes a cinco vezes os custos de manutenção"

Custo de manutenção preventiva é inferior ao de manutenção corretiva

A manutenção corretiva é o tipo de manutenção mais cara. Rotinas de manutenção preventiva e corretiva devem caminhar juntas nos processos de manutenção da edificação. Muitos síndicos priorizam a corretiva, mas quando bem executadas, as manutenções preventivas contribuem com a redução de custos e a durabilidade da edificação.

Manutenção é economia! Intuitivamente sabemos que “prevenir é melhor que remediar”. A lei de Sitter, ou lei de evolução de custos, expõe que a demora para iniciar obras de manutenção causa os reparos mais caros, além de mais trabalhosos. Os custos de correção correspondem a uma progressão geométrica de razão cinco.


Menos riscos aos habitantes

O Laudo de Inspeção Predial - LTIP passou a ser exigido nos últimos anos através de diversas esferas legislativas no Brasil que se posicionaram quanto à obrigatoriedade do Laudo Técnico de Inspeção Predial (LTIP). Tal fato se deu após o acidente ocorrido na Avenida Treze de Maio, número 44 no Rio de Janeiro e 25 de janeiro de 2012, que deixou 22 mortos – os corpos de cinco vítimas nunca foram encontrados. Fala-se que o colapso no Edifício Liberdade aconteceu por conta de uma obra no nono andar. A obra estava sendo feita sem supervisão de profissional habilitado e acabou sendo cortado uma parede de concreto armado que cumpria um função estrutural no imóvel.


Menos danos ao meio ambiente

A vistoria realizada para a elaboração do LTIP tem como um dos seus objetivos apontar o desempenho da durabilidade e da manutenibilidade. Há casos manifestações patológicas que surgem nas edificações e oferecem risco aos habitantes e ao meio ambiente, como problemas de infiltrações que podem contaminar o solo e lençol freático. Lembrando ainda que as edificações podem durar longos anos e respeitamos o meio ambiente aumentando a vida útil das mesmas.


Ficou com alguma dúvida quanto ao laudo técnico de inspeção predial ou quer realizar uma inspeção no seu edifício? Então entre em contato conosco.


17 visualizações0 comentário